sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Primeiro dia na creche: um olhar novo de tudo

Confira a postagem feita pelas educadoras do "Tempo de Creche" com uma proposta especialmente pensada a partir de um relato do "I Seminário Bebês no Museu" da visita "Faz do Colo uma Casa":

Anelise Csapo, supervisora do Núcleo Educativo da Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Literatura e Poesia, em sua fala no I Seminário Bebês no Museu* relatou o programa Faz do colo uma casa*1, que consiste em  visitar à Casa das Rosas com bebê no colo, com intuito de explorar o espaço da casa, seja para um familiar ou cuidador de criança até um ano de idade.

Tempo de Creche encontrou nessa proposta uma possibilidade de aplicação nas creches e pré-escolas. Vamos entender o porquê numa conversa com a Anelise:
Tempo de Creche – O que levou o setor educativo da Casa das Rosas a implantar um programa de apresentação das instalações aos bebês?
Anelise – Quando pensei numa visita para pessoas acompanhadas de bebês comecei a refletir como poderia mediar o olhar dos pequenos ainda na primeira infância com o museu. Lembrando que a Casa das Rosas foi uma residência onde viveu a família da filha do arquiteto Ramos de Azevedo, achei que seria mais apropriado que o acompanhante apresentasse a casa para as crianças, da maneira que fazemos quando apresentamos nossa casa para os recém-nascidos ao voltar do hospital no pós-parto ou ainda, quando recebemos uma visita em nossas casas e queremos acolhê-las deixando-as mais à vontade para explorar o local.
Tempo de Creche – O quê a motivou?
Anelise – Esta ação fez eu me lembrar de quando trouxe meus filhos para casa assim que nasceram e apresentei cada cômodo para que soubessem que lugar era aquele, chamado lar, e onde moramos e compartilhamos momentos de amor e crescimento pessoal.
Entrar em ambientes desconhecidos pode ser desconfortante. Não sabemos o que e quem vamos encontrar. Isto acontece com todas as idades. E, para as pessoas tímidas, é mais difícil.
Como devemos agir com os pequenos nessas situações?
Anelise, em seu relato, nos contou do cuidado que sempre teve ao apresentar aos filhos cada situação nova, como conhecer a casa em que a criança vai morar.
Preparando o ano próximo ano: Uma proposta para descobrir os espaços da creche
Todo início do ano as creches recebem crianças novas que passam pelo período de adaptação, e, sabemos, nem sempre fácil e tranquilo.
Pensando nisso, o Tempo de Creche propõe aos coordenadores uma ação de interação com a participação dos pais, na apresentação da creche para as novas crianças e uma descoberta de novidades para os que já conviveram nos anos anteriores.
A creche é uma espécie de segunda casa das crianças. Elas vão passar boa parte de seu dia neste ambiente. Na realidade, a primeira de uma sequência de lugares educativos, se entendermos a creche como a porta de entrada da vida escolar.
Propomos, portanto, incluir no planejamento de 2015 a apresentação da creche realizada pelos pais das crianças novas, que mostrarão o novo espaço no qual seu filho vai passar o dia. Uma ação como essa pode contribuir para:
  • Uma boa relação das crianças com o novo ambiente,
  • Familiaridade e integração das famílias com a instituição,
  • Parceria dos pais na adaptação da criança na creche.
Parceria dos pais na adaptação da criança na creche.
De acordo com as DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL, deve-se prever a criação de estratégias adequadas aos diferentes momentos de transição vividos pela criança, como é o caso da transição casa-creche.  Para que isto ocorra adotando-se a ideia da Anelise, o planejamento da semana de adaptação precisa incluir um momento anterior, no qual os pais vão conhecer a creche e o que ela pode oferecer para seu filho. Este é um momento importante na preparação do inicio das relações pais e creche. Neste encontro inicial com as famílias surge a oportunidade de formação da comunidade dos pais da creche.
Alguns pontos podem ser interessantes nesta relação:
  • Apresentar a creche e a forma que esta trabalha;
  • Conhecer as habilidades e disponibilidade dos pais (o que sabem fazer e como podem contribuir com as festas, comemorações e projetos: alguém toca algum instrumento, dança, sabe consertar algo, trocar lâmpada, arrumar o pátio e jardim…).
Desse modo creche e famílias estreitam seus laços, constroem cumplicidade e compartilham a educação e o cuidado das crianças.
barrinha colorida fininha
*1 Seminário de Bebês no Museu, uma realização dos setores educativos da Casa das Rosas e do Museu Lasar Segall, de 6 a 8 de agosto de 2014, procurou refletir sobre as ações para as famílias com bebês nos museus.
*1 Trecho do fanzine “Haikais de Bebês, Mães e Pais” de Ricardo Mello, Recife 2012

sábado, 8 de novembro de 2014

Poesia Aperitivo e Cachorros Poéticos na Mostra de Museus

A Casa das Rosas esteve presente na 2º Mostra de Museus, evento que aconteceu neste sábado no parque Villa-Lobos.
Cada museu participante foi contemplado com um estande onde poderia compartilhar um pouco de seu trabalho com o público presente.
Levamos ao parque o "Poesia Aperitivo", breve degustação de 15 minutos sobre a obra de um poeta. No cardápio preparado para Mostra os interessado se deparavam com as seguintes opções: Haroldo de Campos, Augusto de Campos, Manoel Bandeira e Paulo Leminski.
Outra proposta que fez sucesso entre os presentes foram os "Cachorros Poéticos", intervenção educativa na qual lindos cachorros fantasmas passeavam pelo espaço.








terça-feira, 28 de outubro de 2014

"Aspectos da cultura popular brasileira" - Selecionados

O Núcleo Educativo da Casa das Rosas gostaria de informar que os seguintes inscritos foram os selecionados para a Oficina "Aspectos sobre a Cultura Popular Brasileira":

Aline Bento do Nascimento
Aline de Araujo Amorim Souza
Ana Maria de Paula Silva
Aparecida Graciele de Almeida
Caio Martinez de Almeida
Caroline Flavia Casimiro Ramos
Cássia Rosicler Galvão
Cristine Dias Magalhães
Cynthia Florêncio de Assis
Danielle de Campos Gaspar Arraes
David Driesmans
Deivide Barros de Souza
Eduardo de Almeida Dantas
Eliana Pinheiro dos Santos
Eucilene Aparecida Rodrigues de Souza
Fernanda Castegioni Gonçalves
Fernanda de Aguiar Coutinho
Gustavo Lion Alves de Oliveira
Ingrid Juliana Francini
Isadora do Val Santana
Jessica de moura Machado
Jéssica Delomo Pereira
Joanne de Araujo Leão
Karen de Almeida Carneiro
Karen Jacomino
Karin Hessel
Ketty Margarete Valencio
Luis Felipe Maciel Ramos
Marcelo Moreira de Jesus
Márcia Villaça da Rosa
Maria Cacília Santos Campagnoli
Maria do Socorro de Oliveira Maciel
Mariana Cristina Lima Reis
Meire Monteiro
Patrícia dos Santos Batista 
Renata da Cunha moura
Ricardo da Mata Barbosa
Tamara Aparecida Faustino
Viviane Maria da Silva

A oficina será ministrada por Pedro de Cillo Rodrigues e contará com a participação de alguns convidados.
Os encontros acontecerão sempre aos sábados das 14h às 17h (dias 1, 8, 22 e 29 de novembro)